News Hemostase

Guias e recomendações Covid-19 Hemostase

Maio 22, 2020

Atenção: As publicações científicas coletadas constituem informações científicas públicas e acessíveis. O conteúdo, as constatações e os resultados publicados são de responsabilidade dos autores e das revistas em que foram publicados. As menções a produtos comerciais e possíveis usos não mencionados na bula dos mesmos não são da responsabilidade da Werfen e estão fora do alcance da legislação local relevante.

 

GUIAS Y RECOMENDACIONES

 

Thachil J, Tang N, Gando S, Falanga A, Cattaneo M, Levi M, et al. J Thromb Haemost. 2020 Mar 25; doi: 10.1111/jth.14810

Guia provisório da ISTH que fornece uma orientação sobre a estratificação de risco na admissão de pacientes com COVID-19 e o tratamento da coagulopatia que pode desenvolver-se em alguns desses pacientes, com base em parâmetros laboratoriais de rotina. Recomenda-se a medição do D-Dímero, tempo de protrombina e contagem de plaquetas em todos os pacientes com suspeita de infeção por COVID-19, para estratificar o risco de desenvolver coagulopatia e ajudar no tratamento. É proposto um algoritmo baseado em testes simples de coagulação como o D-Dímero, tempo de protrombina, contagem de plaquetas e fibrinogénio. Este último pode ser útil nesse cenário, conforme recomendado pela diretriz da ISTH sobre coagulação intravascular disseminada (CID).

Ver


 

World Health Organization

Guia que fornece orientações sobre variáveis relacionadas com fatores de risco de mortalidade em pacientes com COVID-19. Entre eles: idade avançada, alto score SOFA e D-Dímero > 1 μg / L na admissão foram associados a maior mortalidade.

Ver


 

Sociedad Española de Trombosis y Hemostasia (SETH)

Recomendações da Sociedade Espanhola de Trombose e Hemostase (SETH) sobre tromboprofilaxia e tratamento antitrombótico em pacientes hospitalizados por COVID-19. Referem o início precoce do tratamento pelo departamento de emergência em todos os pacientes hospitalizados e a avaliação do paciente em ambulatório que não requer admissão de acordo com fatores de risco trombóticos e hemorrágicos.

Ver


 

Sociedad Española de Trombosis y Hemostasia (SETH) y Sociedad Española de Hematología y Hemoterapia (SEHH)

Recomendações para gerir a anticoagulação durante a crise sanitária causada pela pandemia de coronavírus COVID-19, incluindo: facilitar o acesso a anticoagulantes orais de ação direta (ACODs), mudar para heparina de baixo peso molecular, estabelecer períodos mais longos de controlo do INR em  pacientes anticoagulados estáveis com AVK,  considerar as possíveis interações farmacológicas de ACODs e AVKs versus terapias experimentais para o tratamento de COVID-19.

Ver


 

Song, JC, Wang G, Zhang W, et al on behalf of Chinese Society on Thrombosis and Haemostasis. Mil Med Res. 2020 Apr 20;7(1):19.  doi: 10.1186/s40779-020-00247-7.

O consenso fornece 18 recomendações. Os testes de coagulação de rotina recomendados incluem PT / INR, APTT, TT, fibrinogénio, D-Dímero, PDF e contagem de plaquetas. Recomenda o uso da pontuação DIC ISTH / CDCC para diagnosticar disfunção de coagulação relacionada com COVID-19. Os testes viscoelásticos são recomendados para pacientes graves com COVID-19 com disfunção de coagulação. Além disso, o guia inclui recomendações para terapia anticoagulante, incluindo o uso de CRRT, ECMO e HIT, e terapia direcionada para pacientes com hemorragia. 

Ver


 

Zhai Z, Li, C, Chen, Y, et al Thromb Haemost . 2020 Apr 21.  doi: 10.1055/s-0040-1710019.

Fornece recomendações importantes para avaliação de risco de TEV, prevenção de TEV para pacientes com COVID-19 crítica a grave e COVID-19 leve a moderada, diagnóstico e tratamento de TEV em pacientes com COVID-19

Ver


 

 

Gestão da mulher grávida e do recém-nascido com Covid 19

Gestão clínica da Covid 19: unidades de cuidados intensivos

Gestão clínica da Covid 19: meio hospitalar

Gestão clínica da Covid 19: Tratamento médico

Gestão em urgência da Covid 19

Gestão nos Cuidados Primários da Covid 19

Gestão no domicílio da Covid 19

 

 

GUIAS Y RECOMENDACIONES

  • Clinical course and risk factors for mortality of adult inpatients with COVID-19 in Wuhan, China: a retrospective cohort study”.

Fei Zhou*, Ting Yu*, Ronghui Du*, Guohui Fan*, Ying Liu*, Zhibo Liu*, Jie Xiang*, Yeming Wang, Bin Song, Xiaoying Gu, Lulu Guan, Yuan Wei, Hui Li, Xudong Wu, Jiuyang Xu, Shengjin Tu, Yi Zhang, Hua Chen, Bin Cao

The Lancet:March 11, 2020 DOI: https://doi.org/10.1016/S0140-6736(20)30566-3

São descritos possíveis fatores de risco do paciente, como idade avançada, alto score SOFA (SOFA=avaliação de falha orgânica sequencial) e níveis de D-Dímero superior a 1 μg/L, para ajudar a identificar pacientes com um mau prognóstico numa fase inicial. A disseminação viral prolongada justifica uma estratégia de isolamento de pacientes infetados e intervenções antivirais ideais no futuro.

Ver


 

  • COVID-19 and haemostasis: a position paper from Italian Society on Thrombosis and Haemostasis (SISET)

Marietta M, Ageno W, Artoni A, et al on behalf of the Italian Society on Thrombosis and Haemostasis Blood Transfus 2020; DOI 10.2450/2020.0083-20

A Sociedade Italiana de Trombose e Hemostase fornece algumas recomendações,
baseadas no consenso de especialistas, para o tratamento da alteração da hemostase em pacientes com COVID-19. As suas recomendações incluem o seguinte: a monitorização deve incluir testes de hemostase e contagem de plaquetas. O exame de ultrassonografia da TVP deve ser realizado quando possível. Recomenda-se padronizar os procedimentos para melhorar o conhecimento da doença. A profilaxia com HBPM, HNF ou fondaparinux é recomendada em todos os pacientes hospitalizados com COVID-19. Em pacientes que necessitam de doses terapêuticas de HBPM ou baixas doses de ACODs, devem-se monitorizar as funções renais e os níveis de ACOD ou anti-Xa no plasma devem ser avaliados.

Ver


 

  • Recommendations on antithrombotic treatment during the COVID-19 pandemic. Position statement of the Working Group on Cardiovascular Thrombosis of the Spanish Society of Cardiology

David Vivasa et al Grupo de Trabajo de Trombosis Cardiovascular de la Sociedad Española de Cardiologıa, Revista Española de Cardiología (2020),

Recomendações sobre o tratamento Antitrombótico em pacientes com COVID-19. Recomenda-se que, uma vez estabelecido o diagnóstico de TEV, se administre HBPM a doses terapêuticas; poderia ser interessante uma determinação de anti-Xa às 48 h após início da anticoagulação, para assegurar a eficácia e minimizar o risco hemorrágico. Em pacientes em terapia com fármacos Anti Vit K, Dabigatrano ou Fármacos Anti X que são infetados por COVID-9 sugere-se passar para HBPM, no caso de pacientes com próteses mecânicas, requer-se um controlo de Anti-Xa semanal. Realizar às 4 horas após administração da Heparina. 

Ver


  • Difference of coagulation features between severe pneumonia induced by SARS-CoV2 and non-SARS-CoV2

Shiyu YinMing HuangDengju Li & Ning Tang , Huazhong University of Science and Technology, Wuhan, Hubei, China  JTH 2020 April,3

Analisa a diferença em ternos de coagulação entre pneumonia grave induzida por SARS-CoV2 e não-SARS-CoV2. Avaliam se os pacientes com alto D-Dímero poderiam ser beneficiados com um tratamento anticoagulante. A mortalidade foi menor nos utilizadores com heparina do que os não utilizadores encontrados no grupo COVID (32,8% vs. 52,4%, P = 0,017).

Ver


  • COVID-19 and Thrombotic or Thromboembolic Disease: Implications for Prevention, Antithrombotic Therapy, and Follow-up

Behnood Bikdeli et al Journal of the American College of Cardiology- 15 April 2020

https://doi.org/10.1016/j.jacc.2020.04.031

Revisão da patogénese, epidemiologia, gestão e resultados de pacientes com COVID-19 que desenvolvem trombose venosa ou arterial e aqueles com doença trombótica pré-existente que desenvolvem COVID-19 ou aqueles que precisam de prevenção ou tratamento de sua doença trombótica durante a pandemia do COVID-19.

Ver

Partilhar Nota de Imprensa:

LinkedIn twitter facebook

Contacte-nos

Contacte-nos diretamente preenchendo o seguinte formulário.

T. 214247300

Data protection policy
POLÍTICA DE PROTEÇÃO DE DADOS: Na aplicação do Regulamento de Proteção de Dados Pessoais, informamos que os seus dados pessoais serão incorporados e processados num arquivo sob a responsabilidade de WERFEN PORTUGAL, LDA, com a finalidade de manter o relacionamento comercial( gestão de encomendas e / ou faturação, envio de avisos de produtos, gerindo relacionamentos comerciais, incluindo pesquisas, prospeção, análise estatística e outras atividades relacionadas com  a gestão de visitas de negócios), bem como para fornecer, por qualquer meio (eletrónico ou não), informações sobre nossos produtos e / ou serviços que podem ser do seu interesse. Regulador de dados: WERFEN PORTUGAL, LDA, com sede na Rua do Proletariado,1,2790-138 Carnaxide e com o NIF 501086110. Data Processor: WERFENLIFE, S.A., com endereço na Plaza Europa, 21-23 - 08908 L'Hospitalet de Llobregat (Barcelona). CIF: A08754111M, e WERFEN PORTUGAL, LDA. Responsável pela proteção de dados: DPO@werfen.com Base legal do processamento de dados: O processamento é necessário para a execução de um contrato comercial de produto e / ou serviço, bem como o seu consentimento em relação a comunicações comerciais, fornecimento de produtos e / ou serviços, pesquisa de mercado e melhoria do nosso website. Destinatários ou categorias de destinatários: empresas Werfen e terceiros aos quais a WERFENLIFE, S.A. confiou a prestação de serviços (serviços de alojamento, formação e comunicação, organização de eventos), quando legal ou contratualmente exigidos. Período de Armazenamento: Enquanto for um utilizador dos nossos produtos e / ou serviços e / ou do nosso site e desde que não se oponha a receber comunicações comerciais. Posteriormente, os dados serão mantidos, devidamente bloqueados, por um período de 5 anos. Direitos: Enquanto utilizador pode exercer os direitos de acesso, retificação ou exclusão, bem como solicitar a limitação de seu processamento de dados, opor-se, solicitar a portabilidade dos seus dados ou revogar o consentimento por escrito para Jordi Sanllehi,  dpo-pt@werfen.com . Da mesma forma, o titular dos dados tem o direito de apresentar uma queixa junto à Agência Espanhola de Proteção de Dados www.agpd.es - C / Jorge Juan, 6 em Madrid. --------- As informações que nos envia por meio deste formulário "Fale conosco" serão usadas com o único propósito de responder à sua solicitação e, portanto, podem ser transferidas para outras empresas ou subsidiárias da Werfen noutros países. Ao clicar em "Aceito", está a concordar que seus dados sejam regidos pela nossa Política de proteção de dados.